Esqueça os cruzeiros e as promoções all inclusive. A Jamaica é uma ilha com ritmo próprio. Aqui estão algumas razões pelas quais você não precisa de um resort na sua próxima viagem a essa ilha caribenha.

As pessoas

Todos os viajantes são diferentes, mas a maioria de nós concorda que uma das coisas mais gratificantes sobre visitar um novo país ou lugar é conhecer novas pessoas. Com elas, você aprende sobre a cultura e história do país em primeira mão e pode até fazer alguns amigos para a vida toda. Uma das melhores maneiras de conhecer os jamaicanos é entrar na agitada vida noturna de Kingston. Há muitos lugares para escolher; entre o Limelight, o Deck, o Inner City Dub e o Tracks & Records. Caminhe até o bar, peça um Red Stripe e comece a dançar.

A comida

Além das pessoas, o que te diz mais sobre uma cultura do que sua comida? Além disso, quem não gosta de comer? Em Jakes, Treasure Beach – uma comunidade onde tanto moradores quanto viajantes se misturam com as águas cor de jade – a comida é incrível e eles dão aulas de como fazer um prato ou dois. Não há lugar melhor para desvendar os segredos do tempero e a melhor forma de preparar uma infinidade de iguarias locais perfeitamente condimentadas. E enquanto você estiver em Treasure Beach, não se esqueça de visitar o Pelican Bar, que é literalmente um barco sobre um banco de areia a uma milha da costa, na Baía de Parottee. Se você ainda não estiver de barriga cheia, eles servem ótimos frutos do mar frescos.

As montanhas

Você já sabe que há águas cristalinas e algumas praias verdadeiramente impressionantes na Jamaica. Mas quantas vezes você já ouviu falar sobre as incríveis montanhas e os parques nacionais da UNESCO? A cadeia montanhosa mais longa da Jamaica, as Montanhas Azuis, é cheia de flora e fauna únicas e diversificadas, e seu pico (a 2.256 metros acima do nível do mar) é uma experiência tão gratificante que não deve ser ignorada. Não é particularmente íngreme nem difícil de atingir. O maior desafio é quanto tempo leva: num ritmo calmo, a viagem de ida e volta pode levar cerca oito horas. Mas vale a pena!

Não cabe aqui falar da música jamaicana, pois a música lá é uma experiência à parte. Não dá para falar, tem que ouvir, sentir e se mexer com ela. Que tal então ir até lá para contar para gente? Aproveite, pois a Jamaica é experiência mais novinha do nosso site!